Este livro propõe a análise retórica do debate que culminou com a aprovação da Lei nº 11.769/2008, que torna o conteúdo de música obrigatório no ensino escolar, e tem por objetivo identificar o que os proponentes dizem ser educativo no ensino de música na educação básica.


A Lei nº 11.769/2008 teve origem no debate entre profissionais da música para o estabelecimento de um plano de políticas públicas para a música brasileira, convocado pelo Ministério da Cultura, e foi sancionada pelo Presidente da República com o veto de que professores com formação específica na área ministrassem o conteúdo de música, o que é apresentado no início do livro. A análise retórica dos esquemas argumentativos e a breve revisão a respeito das profissões de professor e de músico, apresentadas nos capítulos seguintes, permitiram identificar os valores que os grupos sustentam a respeito da música e seu ensino, e compreender os processos identitários concernentes às musicalidades que defendem.


As oposições expõem as musicalidades em disputa, que afirmam as mais favoráveis para as políticas educacionais do país, ancoradas em noções românticas de identidade social, em que prevalecem as noções de que a obra de arte é fruto do talento do artista, considerado genial. A metáfora MÚSICA, A ALMA DO POVO condensa e coordena os significados dos discursos de aprovação da obrigatoriedade do ensino de música e de adesão ao veto parcial.

Ao apresentar uma reflexão no âmbito das representações de música e seu ensino, este livro se destina não apenas aos profissionais da área de Educação Musical, mas também a todos aqueles interessados na função social da música, e no papel do músico e do professor de música na escola regular, bem como aos interessados na análise dos debates entre políticas públicas, arte e ciência ou filosofia no campo da pesquisa em educação.

 


O Samba e a Filosofia

http://editoraprismas.com.br/produto/7629022/O-Samba-e-a-Filosofia

 

Capítulo de livro impresso, editora Prismas.

 

Eu sou o samba - Retórica e Identidade

(Claudia Alvarenga/Tarso Mazzotti)

1. A música e o epidítico
2. Ligação de coexistência- esquema argumentativo que produz a identidade
3. Não é brasileiro quem vive sem a batucada do samba
4. O samba se confronta com outras musicalidades
5. O Rock - Quem é ele?
6. O samba se mescla e produz outra categoria
7. Ethos e Tradição - fases do nacionalismo brasileiro


Download
Hélio Sena. Coletânea de composições e arranjos corais
Julio Moretzsohn / Claudia Alvarenga (Orgs.)
HelioSena.pdf
Adobe Acrobat Document 2.9 MB

O repertório contido neste volume foi produzido pelo Professor Helio Sena para as aulas de música de câmera, disciplina que ministrou por décadas no IVL. É uma contribuição artística e didática importante, que proporcionou, a muitos grupos corais, a oportunidade de aproximação de uma rica vertente da cultura brasileira. São cantos provenientes de tradições populares disseminadas, em sua maioria, somente por tradição oral. A vasta pesquisa realizada pelo Professor Helio Sena gerou, igualmente, um grande número de arranjos e composições corais, que estavam disponíveis somente em fotocópias de manuscritos, inacessíveis ao público em geral.